Comissão eleitoral dá por encerrado o processo de averiguação das Chapas

Hoje, 28/09/2017 a Comissão Eleitoral que está coordenando as eleições do SITRAEMFA informou o indeferimento do registro das Chapas 2 encabeçada por Aline Louise e Chapa 3 encabeçada pelo professor Antonio Sergio, e o deferimento da Chapa 1 encabeçada por Aldo Damião.

 

Hoje, 28/09/2017 a Comissão Eleitoral que está coordenando as eleições do SITRAEMFA informou o indeferimento do registro da Chapa 2 encabeçada por Aline Louise e Chapa 3 encabeçada pelo professor Antonio Sergio, e o deferimento da Chapa 1 encabeçada por Aldo Damião.

Em ata, a comissão relatou aos representantes das chapas, que o prazo para inscrição das mesmas, conforme o Edital publicado em 21 de setembro encerrou no dia 26 do mesmo mês, a chapa 1 “RESISTIR E LUTAR” inscreveu-se dia 22 e a chapa 2 “OPOSIÇÃO UNIFICADA” e chapa 3 “RENOVAÇÃO E LUTA“ no dia 26 a partir das 16:30, portanto no último dia do prazo. A comissão eleitoral segue as normas que regem o Estatuto Social da entidade e o Edital de convocação das eleições, no qual, entre outros itens, obriga que a chapa indique corretamente nomes, dados pessoais, assinatura dos candidatos em fichas individuais e também que apresentem copia da Carteira de Identidade, requisitos indispensáveis para que o setor de cadastro do SITRAEMFA possa averiguar possíveis irregularidades ou impeditivos da inscrição dos candidatos.  

A chapa 2 encabeçada por Aline Louise e a chapa 3 encabeçada pelo professor Antonio Sergio tiveram problemas na apresentação dos seus documentos, a chapa 2 inscreveu 51 nomes, 5 além do permitido, sendo que um candidato não tinha documentação. A chapa 3 apresentou alguns candidatos sem cópia do RG ou sem assinatura na ficha de qualificação.

A Comissão Eleitoral entendendo as dificuldades das duas chapas e, com a concordância da fiscal da chapa 1, abriu um dia de prazo para que pudessem sanar as irregularidades (o estatuto fala em dois dias, desde que não ultrapasse o último dia de prazo para inscrição, ou seja, dia 26/09, portanto, tecnicamente não havia mais prazo).

No fim do dia 27, os representantes das chapas estiveram no sindicato e promoveram as alterações que julgaram pertinentes. Na manhã do dia 28 foram enviadas pela comissão eleitoral as listas das três chapas para os setor de cadastro do Sitraemfa, que detectou problemas em seis candidatos da chapa 2 “OPOSIÇÃO UNIFICADA” e  dez candidatos da chapa 3 “RENOVAÇÃO E LUTA“, até  um não sócio constava entre os candidatos, além de problemas com débitos nas mensalidades ou prazo de filiação inferior há 12 meses. Nos dois casos, as chapas, por conta das impugnações, não atingiram o mínimo de 90% dos componentes para registro e, também não atingiram a cota de gênero, que seria no caso, mínimo de 13 mulheres.

A comissão em posse dos documentos comprobatórios disponibilizou cópias aos representantes das chapas para, caso queiram, tomar medidas que acharem cabíveis.

Hoje, 29/09 foi veiculado no Jornal Diário de São Paulo o edital com Chapa 1 – “RESISTIR E LUTAR”, encabeçada por Aldo Damião Antonio e abre o prazo de 3 dias para eventuais impugnações.

Sitraemfa

Rua Gonçalves Crespo, 324 Tatuapé/SP
Tel: (11) 4324-5915
Horário de atendimento: 10h às 18h

 
 

Filiado a

CUT CNTSS