3º Seminário Estadual sobre Psicologia e Assistência Social em São Paulo

rodape

Os 10 anos de implementação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) como modelo de organização da Política Nacional de Assistência Social são um marco a ser reconhecido e requer uma avaliação crítica e coletiva sobre contribuições e desafios da psicologia como ciência e profissão para a efetivação de serviços, programas, projetos e benefícios socioassistenciais e a garantia de direitos na construção de uma sociedade mais democrática e igualitária. 

As contribuições políticas, éticas e técnicas da psicologia para a assistência social tiveram de se ampliar, diversificar e renovar simultaneamente com a maior cobertura de populações e as novas exigências e formas do trabalho social a serem organizadas e ofertadas. Restam antigos e emergiram novos desafios a serem enfrentados e superados por trabalhadoras(es), pessoas usuárias, conselheiras(os), gestoras(es), pesquisadoras(es) e movimentos sociais, como o protagonismo e a participação das pessoas usuárias; a gestão colegiada; a qualidade dos serviços a serem prestados e as condições de trabalho para tanto; a educação permanente; o controle social efetivo; a resolutividade dos atendimentos e dos acompanhamentos; a superação de assistencialismos, trocas de favores, primeiro-damismos e outros desvios do caráter público da política de assistência social; a fragilidade dos instrumentos legais e das fontes de financiamento insuficientes; bem como, sobretudo, a visão hegemonicamente moralista sobre as desigualdades sociais. 

O 3º Seminário Estadual sobre Psicologia e Assistência Social em São Paulo reunirá diversos atores da política da assistência social, em oficinas, painel e conferência acadêmica, para realizarmos em conjunto uma avaliação qualificada sobre a trajetória percorrida, promovermos intercâmbios e debates para enfrentamento de problemas práticos e cotidianos nos serviços e construção de propostas para reafirmação, redirecionamento ou renovação dos objetivos e dos caminhos da assistência social e da presença da psicologia nessa política pública. 

A vice- presidente do SITRAEMFA, Maria Aparecida Nery, na ocasião representa o COMAS, pelo segmento dos trabalhadores.

Núcleo sobre Assistência Social do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo - CRP 06 

Sitraemfa

Rua Gonçalves Crespo, 324 Tatuapé/SP
Tel: (11) 4324-5915
Horário de atendimento: 08h às 17h

 
 

Filiado a

CUT CNTSS