COMAS faz entrega dos anais da IX Conferência Municipal de Assistência Social

      convite_anais

  No dia 06 de dezembro no salão nobre da Camara Municipal de Vereadores de São Paulo ocorreu a entrega dos anais da IX Conferência Municipal de Assistência Social da cidade de São Paulo que discorreu sobre o tema “Avançando na Consolidação do SUAS com a Valorização dos Trabalhadores e a Qualificação da Gestão, dos Serviços, Programas, Projetos e Benefícios”.

        Participaram da composição da mesa de abertura o presidente do COMAS, Jair Gomes de Araujo, vice-presidente do COMAS e representante da secretaria de Assistência Social, Alice Okada, secretaria do Conseas Darci Diago Finzetto, coordenador Carlos Nambo, coordenadora do FAS, Maria Nazereth Cupertino, conselheiro do Comas Demilson Oliveira.

        Este é um momento importe para a Assistência Social, a entrega destes anais é o resultado de 31 conferências que trouxe o usuário mais próximo dos seus direitos e deveres, e pensar o tema da Conferência é passar pela confirmação do nosso compromisso e parcela de responsabilidade de como queremos a nossa sociedade. O SUAS hoje é lei e a e este ato é a confirmação de que a assistência não é caridade, mas obrigação do Poder Público, afirmou Nazareth Cupertino.

        Carlos Nambo transcorreu sobre as dificuldades da realização, com isso trouxe a melhoria e qualificação para as próximas conferências. Darci Finzettto reafirmou que a união das forças entre o Poder Público e Sociedade Civil somente resulta em fortalecimento e crescimento.

        Para Alice Okada a prefeitura de São Paulo está avançando na sua caminhada e que este empenhada na intenção de fazer o que a assistência social necessita. O presidente do COMAS finalizou afirmando que a dificuldade do evento foi apenas para fortalecer as próximas conquistas.

 

 Ponto importante

A secretaria de assistência social e vice-prefeita do Municipal de São Paulo, Alda Marco Antonio esteve no início do evento, mas a sua participação foi importante para que as Organizações e representante dos trabalhadores, Maria Gusmão e Miúda Nery questionassem repassasse de 7,5% e ainda o reajuste que desde 2010 não ocorre. A secretaria não pondera que anualmente os trabalhadores têm aumento salarial e a defasagem ou diferença a Organização é que tem que arcar com a pendência.  

Sitraemfa

Rua Gonçalves Crespo, 324 Tatuapé/SP
Tel: (11) 4324-5915
Horário de atendimento: 08h às 17h

 
 

Filiado a

CUT CNTSS