Presidente revoga lei de afastamento das grávidas que se mantinham afastadas do trabalho

Presidente Bolsonaro revogou, ou seja, retirou o direito sobre o afastamento das empregadas gestantes das atividades de trabalho presenciais “durante a emergência de saúde pública de importância nacional” decorrente da pandemia de Covid-19.
 
O SITRAEMFA, no ano de 2021 conquistou uma liminar que durante a pandemia afastava as trabalhadoras pertencentes ao grupo de risco (comorbidades), inclusive as grávidas a retornem as atividades presenciais.
 
A Lei 14.311, de 2022, publicada com vetos, no Diário Oficial da União determina que as gestantes com esquema vacinal completo contra o coronavírus devem retornar ao trabalho presencial, assim que convocada pela entidade.

Sitraemfa

Rua Gonçalves Crespo, 324 Tatuapé/SP
Tel: (11) 4324-5915
Horário de atendimento: 08h às 17h

 
 

Filiado a

CUT CNTSS