SMADS intensifica a rede de atendimento com a Operação Baixas Temperaturas

cape

A estação mais fria chegou, e nessa época do ano, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) intensifica o trabalho na rede de abordagem e atendimento à população em situação de rua através da “Operação Baixas Temperaturas”, que teve início no dia 15 de maio.

Quando os termômetros atingem 13ºC ou menos, caracteriza-se a ocorrência do que se denomina “Baixas Temperaturas”. A partir disso os agentes oferecem encaminhamento e acolhimento de pessoas em situação de risco para locais protegidos do frio.

Durante esse período, em caráter excepcional, as vagas nos Centros de Acolhida são ampliadas de acordo com a demanda e os moradores em situação de rua podem procurar os Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua (CREAS POP), para o encaminhamento a um dos 64 Centros de Acolhida municipais que juntos disponibilizam cerca de 11 mil vagas. 

A operação segue até o dia 31 de outubro e além da SMADS, conta com o envolvimento de outros órgãos, como a secretaria da Saúde, a Guarda Civil Metropolitana, a Defesa Civil, entre outros.

A população também pode ajudar os moradores em situação de rua solicitando os serviços da Coordenadoria de Atendimento Permanente e de Emergência (CAPE) que funciona 24 horas por dia e pode ser acionada pelo telefone 156.

 

Texto de Fernando Bassoli Bonardirman

 

Sitraemfa

Rua Gonçalves Crespo, 324 Tatuapé/SP
Tel: (11) 4324-5915
Horário de atendimento: 08h às 17h

 
 

Filiado a

CUT CNTSS