SMADS

Compareceram no sindicato, sexta-feira 28 de julho, os trabalhadores do Serviço Especializado de Abordagem Social - SEAS, que serão atingidos diretamente pela portaria 41/SMADS/2017 – Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, a qual versa sobre a reestruturação dos serviços que acarretará um grande número de demissões de trabalhadores.

O Secretário de assistência social, Felipe Sabará alterou a forma de funcionamento dos SEAS, de maneira unilateral sem passar pelo Conselho Municipal de Assistência Social - COMAS, o qual tem o papel de propor, aprovar e fiscalizar as políticas públicas de assistência no município de São Paulo, não havendo, também, discussões com os demais atores que executam a política pública de assistência no município.

O sindicato, na conversa com os trabalhadores, falou da sua preocupação com o desmonte da política de assistência social na cidade de São Paulo e da falta de vontade política do governo Dória em melhorar ou ao menos manter uma política de assistência que atenda as demandas dos usuários respeitando os direitos dos trabalhadores e em conformidade com os direitos humanos.

Após os debates, foi tirado o encaminhamento da participação de todos os trabalhadores na reunião do COMAS que acontecerá no dia 31 de julho, segunda-feira, onde será discutida a portaria 41/SMADS/2017.

Companheiros(as) estamos vivendo uma conjuntura de grande instabilidade política, econômica e social que exige de todos capacidade de trabalharmos juntos para enfrentar o retrocesso causados pelas políticas perversas e higienístas do governo do PSDB na cidade de São Paulo.

Sitraemfa

Rua Gonçalves Crespo, 324 Tatuapé/SP
Tel: (11) 4324-5915
Horário de atendimento: 08h às 17h

 
 

Filiado a

CUT CNTSS