28 de out dia do servidor publico

Parabéns a toso servidores públicos de São Paulo, a amanhã é o seu dia!

E em função desta data o SITRAEMFA estará fechado para atendimento 

 

Aproeveite seu dia

assembleia rede 17
A diretoria do SITRAEMFA tem realizado, desde o ano passado, incessantes debates com o poder público e com o sindicato patronal na intenção de garantir um reajuste digno para os trabalhadores da categoria.
A luta foi árdua, sendo preciso a até a ameaça de realização de uma manifestação chamada pelo sindicato dos trabalhadores, do FAS e dos movimentos sociais.
A diretoria do SITRAEMFA cansado de tanto esperar uma resposta do patronal e do poder público, resolveu que caso não fosse definido o índice de reajuste no mês de setembro, iria instaurar dissídio coletivo para que os trabalhadores pudessem ter garantido o direito ao seu reajuste salarial.
Entregamos a pauta de reivindicação, para o sindicato patronal, no mês de junho de 2015 e, somente este mês, pós uma pressão do sindicato dos trabalhadores e dos movimentos sociais, foi possível um obter uma resposta do sindicato patronal que apontou com a proposta, de reajuste salarial, de 9,50%, ou seja, o índice do INPC (Índice de Nacional de Preços ao Consumidor). Aproposta apresentada, será levada para deliberação dos trabalhadores em assembleia.
Não dá para aceitar, todos os anos, a demora na realização da campanha salrial dos trabalhadores da Rede Conveniada por parte do sindicato patronal e muito menos do poder público.  Não podemos mais aceitar que todos os anos as negociações sejam dessa maneira. Que os trabalhadores sejam desrespeitados e sofram para ter o que lhe é de direito.
O SITRAEMFA acredita que devemos nos mantermos organizados para continuar lutando por conquistas para a categoria como a jornada de trabalho de 6 horas para as professoras da CEI’s conveniadas.

PONTO FACULTATIVO

Em virtude do ponto facultativo do dia 31/11, sexta-feira, o SITRAEMFA não terá expediente. 

Retornando normalmente na segunda-feira, 03/11.

Aproveitamos o ensejo para parabenizar a todos servidores públicos pelo seu dia.

 

à Direção

 

 

 

 

 

 

 

Amanhã, 09 de outubro, quinta-feira o horário para atendimento de entrega da carta de negativa à Taxa Negocial acontece das 8 ao meio dia, com senha entregue até as 10 horas.

Isso ocorre em função da alta demanda no atendimento, que está prejudicando o andamento administrativo pré-agendado, como as homologações, atendimento jurídico, entre outros.  

IMG 20141008 123839541IMG 20141008 123854594 HDR

A partir desta quinta-feira, 02/10, das 9hs às 12hs e das 14hs às 16h, com dez dias de prazo, os trabalhadores que não estiverem de acordo com o desconto da taxa negocial deverão vir pessoalmente até o sindicato (av. Celso Garcia, 4031- Tatuapé), com carta de próprio punho em duas vias e documento com foto, para fazerem a negativa à taxa negocial. 

Este documento não será aceito pelo correio, nem tão pouco de terceiros.

À direção

01/10/2014

IMG-20140905-WA0038

A direção do SITRAEMFA e a CUT/SP solicitou junto ao Tribunal Regional do Trabalho/2ª Região de São Paulo audiência para averiguar o andamento da ação dos reintegrados de 2007, pois este processo estava moroso e se encontrava em fase de execução desde 2011. Salientamos que esta audiência foi solicitada em maio deste ano.

E no dia 03/09, a Presidente do TRT, Juíza Desembargadora Maria Doralice Novaes, o Desembargador Armando Pinheiro Pires e a Diretora da Secretaria de Precatórios, Maria de Lourdes Mendes Faure receberam os diretores do Sitraemfa, Aldo Antonio Damião, presidente, Edson Brito, diretor Jurídico, e Carlos Viola, advogado do Sindicato.

A Juíza Desembargadora enfatizou a extrema importância dessa reunião para dar continuidade ao processo do precatório, pois eles precisavam dirimir dúvidas que estavam emperrando a execução.

Relatou ainda que a Fundação CASA foi notificada para sanar as pendências aos elementos que geraram dúvidas referente ao processo e que em 30 dias isso deverá estar regularizado. Após este prazo o processo volta para os cálculos e que mesmo por sua complexidade, após mais 30 dias esta primeira fase terminará.

O diretor de assuntos jurídicos dos Sitraemfa, Edson Brito solicitou a Juíza sensibilidade com este processo em especial, porque esses trabalhadores passaram por situações adversas e que até hoje existem resquícios de dívidas pessoais e psicológicas por conta das demissões que ocorreram de forma injusta, haja vista que a tese utilizada para reintegração desses mesmos servidores saiu da obra do então presidente e Secretario de Justiça Alexandre de Moraes, autor das demissões.

 IMG-20140905-WA0031

Após os cálculos, TRT reconhece a dívida pública

A Juíza Desembargadora afirmou que após a realização dos cálculos e individualização dos valores devidos, teremos então a decisão do TRT, que divulgará individualmente os valores que serão pagos a cada servidor.

 

Os Precatórios

Segundo a Diretora da Secretaria de Precatórios, Maria de Lourdes Mendes Faure o precatório, que é um título de dívida pública, só se torna precatório se os valores estiverem acima de 70 mil reais, os valores abaixo não entram nesta listagem e deverão ser quitados imediatamente

Porém, se por ventura o seu valor correspondente a dívida for maior que 70 mil se tornando um precatório a previsão de pagamento está poderá ser de até 10 anos. Os aposentados e doentes crônicos

tem preferência nesta fila, mas que deve se pronunciarem para este fim, relembrando somente quando se tornar precatório. 

 IMG-20140905-WA0039

        Previsão de pagamento

        De acordo com a previsão do TRT os cálculos serão finalizados aproximadamente daqui há 60 dias. Diante disso teremos a individualização dos valores, no qual cada um terá direito ao seu crédito. Mas fique atento que o Sindicato irá noticiar cada passo deste processo. 

rede 30 08

O sindicato patronal, SINBFIR realizou sua assembleia e deu como contraproposta o reajuste salarial, com base no INPC do período (6,05%) .

E para o Vale Refeição o reajuste seria de 17,17%, chegando ao valor de R$ 20,00.

Não foi a proposta deliberada em assembleia dos trabalhadores, este índice é inferior ao reivindicado pela categoria.

E como ficou acordado em assembleia, se o índice fosse inferior ao deliberado, que estava entre 10% a 15% seria chamada uma nova assembleia para deliberar os rumos da categoria. 

Este é o momento da categoria mostrar sua união. Vamos todos (as) lutar por um aumento e salário real.

A nossa luta é justa e só a união trará a vitória!

 

eduardo campos

O ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, morreu nesta quarta-feira (13) após o jato em que estava cair em cima de uma casa em Santos, no litoral de São Paulo.

O cenário político perdeu um grande brasileiro, que entrou para a política brasileira já por seu avô, Miguel Arraes. E talvez por isso entrou jovem no contexto político como deputado federal, ministro da Ciência e Tecnologia no governo de Lula e governador  de Pernambuco, por duas vezes.

Conviveu no cenário político com o ex-presidente Lula nas campanhas de 2006, 2010 e durante o governo de Dilma. Político coerente, mesmo nas divergências, o respeito prevalecia.

Pai e marido exemplar. Nesse momento de dor, nossos sentimentos a todos familiares, vítimas desta tragédia.

reunião 15 07

No dia 07 de julho, a direção do Sitraemfa se reuniu com membros do Poder Público e da Sociedade Civil para debater assuntos da Campanha Salarial dos Trabalhadores da Rede Conveniada e do repasse das verbas para as entidades conveniadas. Participaram da reunião, além da direção do Sitraemfa, representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social – SMADS, da Secretaria Municipal de Educação - SME, da Secretaria Municipal de Governo – SMGA, do Conselho Municipal de Assistência Social - COMAS, do Fórum de Assistência Social do Município de São Paulo - FAS e do Fórum de Educação Infantil do Município de São Paulo - FEI.

Foi levado à mesa o índice de reajuste salarial de 15%, deliberado em assembléia geral da categoria. Durante o debate, os representantes das secretarias foram informados da possibilidade da negociação coletiva virar um dissídio coletivo, caso não haja uma proposta de reajuste salarial por parte do sindicato patronal que contemple as necessidades dos trabalhadores. É sabido que o Tribunal Regional do Trabalho – TRT tem decidido favorável aos trabalhadores e dado como reposição salarial do período o IPC mais 1,5% a título de aumento real. Neste sentido, de todo modo, haverá reajuste salarial para a categoria.

Outro assunto tratado foi o repasse imediato para as verbas das instituições, com o indicie de reajuste salarial que for dado aos trabalhadores. A diferença ou o não repasse para essas entidades poderá ocorrer  inúmeras reclamações trabalhistas, movidas pelos trabalhadores, contra as instituições empregadoras. O que, com certeza, atingirá a administração pública, uma vez que os trabalhadores das instituições conveniadas fazem função pública com recursos públicos, em que pesem o seu vínculo empregatício ser por meio da CLT.

Diante do exposto, os representantes das secretarias se mostraram preocupados com a situação dos trabalhadores e das entidades. Disseram ter grandes dificuldades orçamentárias por ocasião do não repasse dos custos das tarifas de ônibus no ano passado e da não aprovação do IPTU no inicio deste ano. Contudo assumiram o compromisso de estudar uma forma de viabilizar as demandas apresentadas e darão uma devolutiva, principalmente do reajuste salarial, ainda no mês de julho.

Por fim, a diretoria do sindicato deixou claro, que embora o SITRAEMFA apóie e acredite neste governo, não deixará de cobrar dessa administração os direitos dos trabalhadores e que tomará as medidas necessárias para garanti-los na sua integralidade.

seminário

Esta semana a direção do SITRAEMFA estará em Seminário, portanto não haverá reunião de representante e homologações na sede e sub sede sul.

O administrativo do SITRAEMFA funcionará normalmente.

 

A Direção

Sitraemfa

Rua Gonçalves Crespo, 324 Tatuapé/SP
Tel: (11) 4324-5915
Horário de atendimento: 08h às 17h

 
 

Filiado a

CUT CNTSS